Você sabe a diferença entre venda digital e venda virtual?

As vendas pela Internet tiveram um aumento de mais de 100% devido ao Corona Vírus. No Brasil, o aumento só em itens de saúde nos primeiros 15 dias da quarentena, foi de 124% e a tendência é um aumento ainda mais significativo nos próximos meses.

A confiança, tanto do consumidor para realizar suas compras, quanto do vendedor para vender algo online, também aumentou.

Mas, ainda existem muitas dúvidas relacionadas a essas vendas. Convidamos a especialista em Marketing Digital, Roberta Heckler, para falar um pouco sobre vendas online.

A Especialista comenta que o perfil do consumidor mudou significativamente nos últimos tempos com a chegada da Pandemia e isolamento. A tendência é que esse cenário se mantenha depois desse período e isso se deve a vários fatores.

Segundo ela, inicialmente, a necessidade de adquirir um produto essencial (remédio ou alimento) aliado ao medo de sair de casa, ou mesmo a falta de condições de sair, despertou a necessidade da compra pela internet. Com isso, a confiança em adquirir outros bens dessa forma também aumentou.

A quantidade de empresas realizando vendas online também cresceu, inicialmente pela necessidade. “Um projeto de e-commerce que antes levava 4 a 6 meses para ser implementado por algumas empresas, agora em uma semana está no ar. A prioridade é realizar as vendas.”, comenta Roberta.

Por outro lado, existem muitas empresas que já faziam venda digital e isso apenas se intensificou. Roberta Heckler esclarece conceitualmente, qual a diferença entre a venda virtual e a venda digital:

A venda digital é aquela que acontece pela internet, mas realizada por uma pessoa, seja por whatsapp, mensagens em redes sociais ou outros aplicativos. A finalização da compra pode ser direcionada para um e-commerce ou negociada diretamente com o vendedor que combinará um depósito em conta, transferência ou link para pagamento e acertarão como será realizada a entrega.

Já a venda virtual, ocorre sem interação “humana”. O cliente encontra uma loja virtual (por anúncio ou pesquisa), escolhe o produto, finaliza a compra e recebe ou busca o pedido.

A venda digital possibilita, então, uma venda sem a necessidade de uma loja virtual. Para quem está iniciando os negócios online é até mais indicada, antes de realizar o investimento no e-commerce, até mesmo para entender a aceitação do mercado. Mas, como em qualquer mercado, não existe mágica, alerta Roberta. "É preciso uma boa estratégia de Marketing Digital para divulgação de um negócio online. Investimento de tempo também é necessário para colocar em prática uma boa estratégia de presença digital."

Seja por venda digital ou virtual, a Guarda Brasil oferece o espaço ideal para você armazenar seu estoque e administrar sua empresa. Além disso, toda operação do negócio pode ser realizada dentro do próprio box, ou nos espaços de coworking, salas privadas, salas de reuniões.

Acompanhe nosso blog que estaremos trazendo muitas dicas sobre essa tendência que pode fazer parte da sua empresa também.

Agradecemos seu contato. Something went wrong, please try again later. Please enter a correct Captcha answer.